Médico de profissão e Mestre em Saúde Pública, pela Universidade de Leeds na Inglaterra, o Dr. Manguele desempenhou vários cargos e funções no sector da Saúde com destaque aos seguintes: De 1986 a 1992 foi Director dos Hospitais Províncias de Chimoio, Pemba e Inhambane, localizados no centro, norte e sul de Moçambique.

Em Inhambane também exerceu o cargo de Médico - Chefe Provincial. No período compreendido entre os anos 1993 e 1995 foi Director de Saúde na Cidade de Maputo (no quadro do ordenamento territorial de Moçambique a cidade Maputo tem o estatuto de Província). De 1995 a 2005 foi Director Nacional de Saúde. De 2005 a 2006 exerceu as funções de Assessor do Ministro da Saúde. De 2007 a 2009 exerceu o cargo de Inspector - Geral da Saúde. Desde Janeiro de 2009 até à data da sua nomeação para o cargo de Ministro da Saúde, Manguele exercia as funções de Vereador do Conselho Municipal pelo Pelouro de Saúde e Acção Social.

Em Junho de 2010, o Dr. Manguele perante um Júri misto da Comissão Nacional de Pós-graduação e da Ordem dos Médicos de Moçambique, prestou provas de exame de Especialidade de Saúde Pública/ Promoção e Protecção de Saúde tendo sido aprovado com a classificação final de Muito Bom.

No âmbito Internacional, ele deu a sua contribuição em vários eventos do sector da Saúde, e destes realçamos os seguintes: De 1995 até 2000 foi membro da delegação moçambicana à Assembleia Mundial da Saúde (AMS), órgão decisório no qual participam delegações dos Estados – Membros da OMS, cuja função é de determinar as politicas da Organização, nomear o ( a) Director (a) – geral da OMS, supervis ionar asPoliticas Financeiras, rever e aprovar o Orçamento – Programa proposto. Este Órgão reúne -se anualmente na Sede geral da OMS em Genebra.

De 2000 a 2004 chefiou a delegação moçambicana em Genebra, Suiça às negociações Intergovernamentais para o Controlo do Tabagismo que culminou com a aprovação da Convenção Quadro da OMS para o Controlo do Tabaco ( FCTC). A Convenção Quadro é o primeiro Tratado de Saúde Pública negociado sob os auspícios da OMS . Ele foi adoptado pela Assembleia Mundial da Saúde em Maio de 2003 e entrou em vigor em Fevereiro de 2005.

Em 2005 participou no Comité Regional de Programas da OMS, na sede da Região Africana em Brazzaville. Em 2005 foi delegado ao Comité Regional da OMS, realizado em Maputo. Órgão decisório da OMS para a Região africana, onde participam delegações dos Estados Membros da OMS, chefiados pelos respectivos Ministros da Saúde. O encontro realiza-se anualmente.

Noticia enviada por Maria da Gloria Moreira
Escritório de Representação da OMS em Moçambique